Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Momento DiVino "Batalha de Chardonnays, às cegas" 02/02/18 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 02-02-2018
Guaspari Vista do Lago 2015 eleito o melhor na Batalha de Chardonnays em Santos SP

Santé! A produção cinematográfica de O Julgamento de Paris, cujo título original é Bottle Shock, foi inspirada especificamente em fatos reais de 1976. O filme, lançado em 2008, retrata como o Novo Mundo entrou para a história do vinho mundial, momento em que o vinho norte americano, da Califórnia, degustado às cegas, ao lado de grandes châteaux franceses, foi eleito o melhor.


Só para se ter uma ideia do ocorrido, nove especialistas elegeram um tinto e um branco californiano em detrimento dos franceses. O tinto de Cabernet Sauvignon Stag´s Leap Wine Cellars 1973/Napa Valley bateu o Château Mouton-Rothschild 1970, o Château Montrose 1970 e o Château Haut Brion 1970 respectivamente. Entre os brancos de Chardonnay, uma vez que os rótulos da Borgonha os representavam, o grande vencedor foi o Chateau Montelena 1973 (cuja grafia de Chateau é sem o acento circunflexo) do Napa Valley, deixando o 2° lugar para francês Mersault-Charmes 1973 e o 3° e 4° para Chalone 1974 e Spring Mountain 1973, ambos do Napa Valley.


Esse fato mudou totalmente a visão dos críticos e apreciadores mundiais, até então com suas sensações visuais, olfativas e gustativas voltadas apenas a provar os vinhos europeus, principalmente os franceses. O famoso concurso, O Julgamento de Paris, abriu alternativas positivas para outras regiões, já destacadas, mas não aclamadas, além dos limites franceses como Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, África de Sul, Chile, Argentina e todo o globo.


Caro leitor, fiz essa introdução tão somente para reportar a vocês uma experiência dessa mesma esfera, evidentemente não da mesma magnitude. Recentemente, eu e alguns enoamigos, apreciadores desse imenso e complexo mundo dos vinhos, degustamos seis Chardonnays, às cegas, para elegermos o melhor. Provamos os vinhos na seguinte ordem: Chateau Montelena 2014/ Napa Valley/US; Pizzato Legno Chardonnay 2016, Vale dos Vinhedos/BR; Guaspari Chardonnay Vista do Lago 2015, E. Sto. Pinhal, SP/BR; El Enemigo Chardonnay Mendoza/AR; Domaine Willian Fevre 2015, Chablis/FR; DiamAndes de Uco G. Reserve Chardonnay 2016, Mendoza/AR.


Ressalto a qualidade dos rótulos degustados, e a calorosa recepção do José Rodrigues, da Adega Petit Verdot. Parabéns Zé! Destoou apenas a escolha do Chablis Willian Fevre, um grande vinho, que me agrada muito, entretanto, para a disputa, este ficou muito evidente entre os outros Chardonnays, todos com passagem em madeira.


Surpreendentemente, o vinho mais votado como o melhor da noite, entre os listados, foi o vinho brasileiro Guaspari Vista do Lago 2015, aliás paulista de Espírito Santo do Pinhal. (Sobre a vinícola Guaspari, reveja a coluna de 12/05/2017 no meu site http://www.enoamigos.com.br/article.php?cd=317)

Eu dei a melhor nota para esse vinho, assim como a maioria dos degustadores, mas não foi unânime. O Vista do Lago revelou-se um grande vinho de cor amarelo palha brilhante, com lágrimas lentas a transcorrer no bojo da taça, aromas indefectíveis de abacaxi maduro, lima, anis, floral, mineral, herbáceo e amadeirado. Na boca tem acidez tinindo, é fresco, retro gosto amanteigado, macio e vivaz, faz jus a passagem por barricas francesas. Certo amargor sutil no final de boca, agradável e encantador.


O eleito destacou-se entre os demais. Sim, o brasileiro bateu o grande vencedor do concurso em Paris, e isso se deveu, simplesmente, a uma degustação feita às cegas, com serviço correto, taças adequadas e limpíssimas e temperatura do vinho perfeita. Sem dúvida, o preferido da maioria teve suas qualidades realçadas, independentemente de notoriedade, publicidade ou marketing de cada um, pois sem saber o que se estava bebendo a verdade se mostrou natural, concisa e precisa.


Os concorrentes, em votos contados da maioria, ficaram na seguinte ordem: 2° Wilian Fevre Chablis/FR, 3° El Enemigo/AR, 4° Chateau Montelena/US, 5° DiamAndes/AR e 6° Legno/BR.


Assim foi o Julgamento de Santos, profundamente prazeroso, humildemente falando. Até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br



AGENDA


06/02 das 17 às 21 hs. Feira de Vinhos Brancos e Rosés, no Laticínios Marcelo. R$75,00 revertidos em compras. Reservas tel. (13) 3234-1861 e (13) 3289-4384.



 
► Baixe o Artigo em PDF


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
Cursos
Degustações
Enoturismo
Enopoemas
Dicas
  Cláudia Elaine Garcia de Oliveira
Artigos
Enonews
Momento Divino
Fotos "Social do Vinho"
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2007 - 2018, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy